Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 19 de Outubro de 2019

Um terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter sacudiu nessa quinta-feira (4) o sul do estado norte-americano da Califórnia, sem registrar mortos. 

 

Os maiores danos materiais ocorreram em Ridgecrest, cidade de 29 mil habitantes. Nas últimas horas, estão ocorrendo réplicas, e sismólogos ouvidos pela imprensa dos Estados Unidos alertam para mais abalos e com maior intensidade.

 

Incêndios, rachaduras em edifícios e pessoas feridas são o resultado do mais forte tremor que atinge a região em 25 anos. O epicentro do abalo foi localizado a 182 quilômetros a nordeste de Los Angeles, perto da pequena cidade de Ridgecrest.

 

O terremoto foi sentido em toda a metade meridional do estado, em área onde vivem aproximadamente 20 milhões de pessoas.

 

Pacientes foram retirados do Hospital Regional de Ridgecrest e transferidos para outras unidades de saúde. Foi declarado estado de emergência na cidade.

 

Desde o primeiro tremor, foram registradas dezenas de réplicas. Em declarações divulgadas pela agência Reuters, Lucy Jones, sismóloga do Observatório Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), citou mais de 80.

 

O geofísico Paul Caruso destacou que este foi o maior sismo a atingir o sul da Califórnia desde 1994, quando ocorreu um abalo de magnitude 6.6 em Northridge, uma área de grande densidade populacional em Los Angeles. Morreram na ocasião 57 pessoas.

 

REUTERS / David McNew/Direitos Reservados

 

 

 

 

 

 

*Redação IOL/Com informações da Agência Brasil

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Clima / Tempo

Colunistas

Dicas das Estradas

Destaques

 

 

Parceiros do IOL