Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 16 de Janeiro de 2018

A União Europeia (UE) e o Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) fecharam nesta sexta-feira (8) mais uma rodada de negociações para um acordo de associação e comércio, durante a qual aconteceu um nova troca de ofertas comerciais. Os dois blocos continuarão buscando um acordo político na  11ª Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), que acontece de 10 a 14 de dezembro em Buenos Aires, na Argentina. A informação é da EFE.

 

"A UE segue comprometida com o objetivo de [alcançar] um acordo ambicioso que seja benéfico para todos. Ambas as partes voltarão a se reunir novamente na semana que vem, em paralelo à conferência ministerial da OMC", indicaram à Agência EFE fontes do bloco europeu ao término da rodada de hoje com os países do Mercosul.

 

Na última rodada de negociações, que começou em 29 de novembro, ocorreram avanços em medidas sanitárias e fitossanitárias, desenvolvimento sustentável e serviços, aspectos que já estão praticamente finalizados. Também já foram concluídos os pontos relativos à competência,  facilitação do comércio e cooperação em matéria alfandegária.

 

Agenda vasta

 

As conversas abrangeram todas as áreas em negociação, incluindo bens, serviços, compras públicas, medidas sanitárias e fitossanitárias, propriedade intelectual, indicações geográficas, comércio, desenvolvimento sustentável, pequenas e médias empresas, barreiras técnicas ao comércio e resolução de disputas, indicaram as fontes.

 

Fontes do Mercosul próximas da negociação confirmaram na quarta-feira a troca de novas ofertas entre ambas as equipes, mas estas não incluíram melhorias nos pontos sobre carne bovina e etanol, que estão entre os pontos mais complexos.

 

O potencial acordo político, que pode deixar aspectos técnicos inacabados, como aconteceu nas negociações entre a UE e o Japão, deverá, no entanto, incluir as quotas de acesso de mercado a esses polêmicos produtos, que geram controvérsia entre os agricultores europeus.

 

Fontes do Mercosul reiteraram que "encontrar um nível aceitável de quotas para esses produtos não está muito longe do alcance" dos negociadores.

 

OMC

 

A conferência ministerial da OMC, que começa neste domingo (10), será o próximo palco para que UE e Mercosul continuem trabalhando em busca da conclusão deste acordo. Ambas as partes acreditam que os encontros em nível político, que reunirão os comissários europeus de Comércio e Agricultura, Cecilia Malmström e Phil Hogan, e vários ministros dos países do Mercosul, consigam desbloquear o que não foi conseguido em nível técnico nos trechos mais complicados.

 

Os países do Mercosul esperam sair desta reunião com uma oferta melhor sobre carne bovina e etanol. "Uma oferta revisada em carne bovina e etanol é a chave para melhorar as ofertas de ambos os lados e conseguir um acordo", afirmaram fontes próximas das negociações.

 

O mandato das negociações começou em junho de 1999 e ambas as partes coincidem em assinalar que ocorreram mais progressos nos últimos dez meses que em toda a década anterior, avanços estes que, em parte, são uma resposta à política protecionista do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

 

Em uma entrevista concedida a um grupo de veículos de imprensa, a comissária europeia de Comércio, Cecilia Malmström, disse ontem que seu desejo é concluir o acordo antes do fim de 2017, mas ressaltou que não será "um desastre" se o mesmo atrasar até o início do próximo ano.

 

A data limite que ambos os blocos assumiram foi imposta pelo calendário eleitoral do Brasil, cujas eleições acontecem em outubro e a Constituição do país determina que os ministros, que agora fazem parte das negociações, deixem seus cargos seis meses antes do pleito se quiserem se candidatar a algum cargo eletivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações da Agência Brasil/Redação IOL

Últimas Notícias



TV IOL - Vídeos

O ES tem muitos encantos e amores - Confira!

Colunistas


Destaques

 


 





 


    

Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL