Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 26 de Setembro de 2017

México: O número de mortos deixado pelo terremoto de 8,2 graus na escala Richter que atingiu a região sul do México na noite de quinta-feira subiu para 61, segundo as autoridades locais. Uma operação de resgate enorme está em andamento nos estados mais atingidos do país: Tabasco, Oaxaca e Chiapas, onde acredita-se que muitas pessoas ainda estejam presas sob os entulhos.

 

Todas as mortes ocorreram em três Estados vizinhos agrupados em torno do epicentro. Em Oaxaca morreram 45 pessoas, em Chiapas foram doze e em Tabasco, três, disse o chefe da agência de proteção civil do México, Luis Felipe Puentes.

 

Uma das cidades mais atingidas foi Juchitán, em Oaxaca, onde até o momento foram registradas dezessete mortes. A prefeitura local e muitos outros prédios foram completamente destruídos ou muito danificados. “A situação em Juchitán é crítica, esse é o momento mais terrível de sua história”, disse a prefeita Gloria Sanchez.

 

O presidente Enrique Peña Nieto viajou nesta sexta-feira ao estado de Chiapas para visitar as áreas mais afetadas. Ele agradeceu nesta sexta-feira no Twitter as demonstrações de “solidariedade e apoio” que recebeu de “nações amigas” após o terremoto.

 

Guatemala

 

Ao menos uma pessoa morreu na Guatemala, segundo o presidente, Jimmy Morales. De acordo com a Defesa Civil, o potente terremoto também destruiu 24 imóveis. O tremor, que inicialmente havia sido reportado com uma magnitude de 7,3 na escala Ritcher, foi estimado pelas autoridades guatemaltecas em 7,7 graus.

 

Papa

 

O papa Francisco manifestou nesta sexta-feira seu apoio às vítimas. “Neste momento quero expressar minha proximidade espiritual a todos os que sofrem as consequências do terremoto que castigou o México na noite passada, provocando tantas mortes e danos materiais. A minha oração pelos que perderam a vida e a suas famílias”, disse o pontífice ao término da missa que oficiou na cidade de Villavicencio, na Colômbia.

 

 

 

Fotos/Reprodução/Reuters

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações MSN Notícias/Veja/Redação IOL

Últimas Notícias


Galeria de Vídeos

Colunistas


Destaques






 

    

Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL