Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 22 de Julho de 2018

Comer um pedacinho de chocolate após alguma refeição é hábito de muitas pessoas,

inclusive do DJ Iury Magesky, de 25 anos. Mas a "tradição" teve que ser interrompida na última terça-feira (05), por um motivo nada agradável. Assim que abriu a embalagem do chocolate Talento, da Garoto, o internauta encontrou larvas e pequenas "teias".

"Comprei a barra de 100 gramas em um supermercado na Praia do Suá, em Vitória, e paguei paguei pouco mais de R$ 3,30 pelo produto. Como não queria comê-lo naquele momento, levei-o para casa e apenas abri a embalagem à noite. Infelizmente estava impróprio para consumo e obviamente não o consumi", detalhou.

Iury frisou ainda que o chocolate estava no último dia da validade. Ele garantiu que a embalagem estava intacta e não aparentava qualquer anormalidade.

Empresa responde

Em nota, a Chocolates Garoto comunicou não ter sido contatada pelo consumidor e que não teve acesso ao produto até o momento. Dessa maneira a empresa não possui mecanismos suficientes para se manifestar a respeito. A fabricante orienta que em casos semelhantes ou em eventuais dúvidas referentes aos produtos, o cliente tem à disposição o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), no número 0800 055 95 50, no e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , e também nas redes sociais - www.facebook.com/garoto e Twitter: @dicasgaroto.

Neste caso, o procedimento da empresa é cadastrar o contato no banco de dados próprio, recolher e enviar o produto para análise e, após a conclusão do laudo, retornar ao consumidor e ressarci-lo. A Garoto ressalta que a produção segue rigorosos padrões que impossibilitam esse tipo de ocorrência no processo de fabricação.

Fonte:gazetaonline.com.br/cidadão repórter/foto:Iuri Magesky

 

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

MONTE O MAPA DO BRASIL

Colunistas

Destaques






 


Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL