Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 17 de Julho de 2018

A Polícia Civil publicou no Diário Oficial, nesta terça-feira (19), o edital de reabertura das inscrições do concurso público para os cargos de peritos (bioquímico toxicologista, criminal e criminal especial).
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de abril, no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), empresa organizadora do certame, no endereço http://www.funcab.org 
 
A novidade foi a inclusão do curso superior de Biomedicina como um dos requisitos para as vagas para os cargos de perito criminal, perito criminal especial e perito bioquímico toxicologista. A taxa de inscrição é de R$ 90,00.
 
O concurso tem validade de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.  Os pedidos para a isenção da taxa de inscrição podem ser feitos até esta quarta-feira (20).
 
O concurso vai disponibilizar cinco vagas para perito criminal, uma para perito criminal especial e uma para perito bioquímico toxicologista. A remuneração para os cargos é de R$ 4.697,76, incluindo a escala especial.
 
As vagas fazem parte do concurso divulgado no início do ano que ofereceu 113 vagas, sendo três para os cargos de delegado de polícia, 81 para escrivão da polícia civil, sete para médico legista, duas para perito de telecomunicação, sete para assistente social, seis para psicólogo e as cinco voltadas para área de perícia médica.
 
Etapas do concurso
 
A prova objetiva está marcada para o dia 19 de maio. O candidato poderá se inscrever para mais de um cargo, desde que não haja coincidência nos dias e turnos de aplicação das provas objetivas. Pela manhã, estão marcadas as provas para os cargos de perito bioquímico toxicologista e perito criminal. À tarde será a vez dos candidatos aos cargos de perito criminal especial.  O resultado preliminar da prova objetiva será divulgado na internet no dia 10 de junho.
 
Os candidatos responderão a 100 questões objetivas distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Matemático, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Direito Penal e Conhecimentos Específicos. O concurso também terá prova física, exames médicos e avaliação psicológica, os dois últimos de caráter complementar. Os aprovados na prova teórica também serão submetidos à investigação social e criminal.
 
A divulgação do resultado final do concurso será em setembro e a previsão é de que os aprovados sejam nomeados e matriculados ainda neste ano.
 
Requisitos básicos
 
Para disputar uma das vagas, o candidato deve ser aprovado em todas as etapas do concurso público; deve ter 18 anos completos na data da posse; deve estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (candidatos do sexo masculino); ter nacionalidade brasileira ou portuguesa; possuir carteira de identidade civil; cumprir as determinações do edital e possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, na data da posse, como ter o nível superior correspondente ao cargo almejado.
 
Requisitos por cargo
 
Perito Bioquímico Toxicologista - nível superior em Bioquímica, Biomedicina, Farmácia ou Fármaco-Química e comprovação de experiência mínima de um ano em laboratório de análise químico-toxicologista.
Perito Criminal - nível superior em Biologia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Farmácia, Física, Geologia, Matemática, Mineralogia, Química ou Odontologia e Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo na categoria B.
Perito Criminal Especial - nível superior em  Biologia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Farmácia, Física, Geologia, Matemática, Mineralogia, Química ou Odontologia.
 
Atribuições dos cargos
 
Perito Bioquímico Toxicologista - Execução de trabalhos de perícia envolvendo análise e pesquisas laboratoriais no campo da bioquímica e físico-química, em peças anatômicas e líquidos retirados de cadáveres, em líquidos de origem biológicos, em matérias orgânicas, tóxicas, venenos e produtos químicos por solicitação de autoridade, visando esclarecimentos à prova das infrações penais.
Perito Criminal - Executar estudos, pesquisas e perícias, visando ao esclarecimento e ao fornecimento de provas das infrações penais, desabamentos, sinistros, desastres e à identificação dos respectivos autores, tendo por objetivo os vestígios materiais extrínsecos daquelas infrações.
Perito Criminal Especial - Executar trabalhos compreendendo a realização de perícias, exames e pesquisas no setor da Criminalística Pura e nos específicos da Biologia, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Farmácia, Física, Geologia, Matemática, Mineralogia, Química ou Odontologia, bem como exames em pessoas vivas, cadáveres e peças anatômicas em relação ao campo da odontologia penal.
 
Fonte Assessoria de Comunicação Polícia Civil do ES 

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

MONTE O MAPA DO BRASIL

Colunistas

Destaques






 


Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL