Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 13 de Julho de 2024

Em Pontalina (GO), pai e mãe foram condenados pelos estupros de três filhos. De acordo com Tereza Nabarro, advogada do caso, o homem foi condenado a 120 anos, 10 meses e 15 dias de prisão, enquanto a mulher, a 112 anos e 6 meses. Ambos não tiveram nome divulgado.

 

Segundo a polícia, o homem cometia os abusos e a mulher além de omitir, intimidava os filhos para que eles não denunciassem o pai.

 

“Esses crimes aconteceram ao longo dos anos. Duas das vítimas decidiram denunciar para salvar a irmã menor, que ainda estava com eles [os pais]”, explicou a delegada.

 

Na quinta-feira (04/7), ocorreu a condenação e a prisão preventiva da mulher. O homem já estava preso.

 

A delegada explicou que o crime foi cometido diversas vezes e que o mandado de prisão preventiva da mulher é referente à sentença.

 

“Esse mandado de prisão é do crime que ela foi condenada: três crimes de estupro de vulnerável, com causa de aumento por prevalecer da condição de ascendente e pela continuidade delitiva”, completou Tereza.

 

 

 

 

 

 

Com informações Metropoles

Últimas Notícias

Vídeo - Canal Livre

Clima / Tempo

Colunistas

Dicas das Estradas

Destaques

 

Parceiros do PDN