Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 24 de Setembro de 2018

Cachoeiro: O próprio Ministério Público pediu a revogação da prisão do vereador Darinho da Saúde (PSDB), de Cachoeiro de Itapemirim-ES, acusado de vazar informações na operação Panaceia, envolvendo farmácias e fraudes. Ele foi preso no dia 4.

 

Em editorial, o Portal Folha do ES defendeu a inocência dele em decorrência da força coercitiva desproporcional ao fato e contexto de seu envolvimento. 

Darinho chegou ontem à noite em casa, no bairro União. Sua esposa Melissa e advogado Izaias foram acompanhar o momento de sua soltura.

 

Ele volta para sua funções de vereador e responderá em liberdade sobre esse suposto crime de vazamento. Será removido de uma secretaria para outra. Darinho é motorista de ambulância.

 

As redes sociais e alguns colegas de Parlamento hipotecaram todo apoio ao Darinho. Algumas mensagens, inclusive, de muita emoção pela pessoa carismática e simples como se apresenta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações Folha do ES/Redação IOL

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

MONTE O MAPA DO BRASIL

Colunistas

Destaques






Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL