Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 20 de Outubro de 2018

Os irmãos Joaquim e Kauan Alves, de 3 e 6 anos, filhos do pastor George Alves, da Igreja Vida e Paz, morreram queimados durante um incêndio no quarto onde os irmãos dormiam na madrugada do sábado (21) na residência da família na Avenida Augusto Calmon, no centro da cidade.

 

Hoje pela manhã (28), depois de dar depoimento à polícia pela segunda vez, saiu preso direto para a penitenciária regional, acusado de ter matado os dois filhos que morreram queimados, uma semana antes. Os motivos serão em breve revelados. 

 

As crianças estavam em casa com o pai, a mãe que também é pastora estava viajando. Segundo informações, quando o pai ouviu os gritos das crianças, correu para o quarto aonde elas dormiam, mas ele já estava tomado pelo fogo.

 

Desesperado o pastor saiu para a rua pedindo socorro, populares tentaram ajudar, mas o quarto já estava tomado pelas chamas. Os bombeiros foram chamados, mas quando eles chegaram nada mais poda ser feito, as crianças já estavam mortas.

 

De acordo com informações passadas por um investigador da Superintendência da Polícia Regional Norte (SPRN), o juiz expediu o mandado de prisão com base no resultado dos exames da perícia realizados ontem (27) pela terceira vez.

 

 

Pastor George Alves, da Igreja Vida e Paz, preso acusado de matar os dois filhos. Fotos/Reprodução

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações Folha do ES/Redação IOL

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

Colunistas

Destaques






Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL