Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 27 de Maio de 2018

Cachoeiro de Itrapemirim-ES é vítima da falta de projeto de Segurança Pública do Estado do Espírito Santo que destruiu a estrutura da Polícia Militar e sucateou os serviços de inteligência. A imprensa registra, diariamente, a morte de jovens com o avanço da criminalidade, principalmente, sob o comando do tráfico.

 

No domingo (11), a jovem Thais Andrade, foi mais uma vítima desse cenário nefasto. Baleada e morta, fazendo ,agora, parte da estatística do Estado que tem dinheiro de marketing para maquiar a realidade de derrame de sangue. Esse descaso coloca Vitória, a capital, por exemplo, entre as cidades mais violentas do mundo.

 

Enquanto o Governo do Estado não apresentar plano de ação honesto e eficaz sobre a Segurança Pública, os capixabas e cachoeirenses vão continuar reféns das fações criminosas que estão tomando conta do tecido social urbano e do rural. Trata-se de fase excepcional sem precedentes na história do Espírito Santo.

 

Hoje, não será surpresa, a imprensa noticiar mais um assassinato que poderia ser evitado se a polícia não tivesse sido desfragmentada , dolosamente, por vingança e falta de diálogo por parte do governador do Estado. Quanto à Cachoeiro de Itapemirim-ES, a Guarda continua fazendo curso para ter direito de ficar armada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações da folhadoes.com/Redação IOL

Últimas Notícias

TV IOL - Vídeos

O ES tem muitos encantos e amores - Confira!

Colunistas


Destaques







 


Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL