Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 26 de Setembro de 2017

Você que prefere curtir um ambiente tranquilo, perfeito  para descansar, bem longe do agito das praias mais badaladas, o ideal é vir conhecer as praias de Itaipava e Itaoca, que atraem milhares de turistas na alta temporada.

 

Além dessas lindas praias, você poderá conhecer também outros Pontos Turísticos e um dos principais cartões postais do município - O Frade e a Freira, uma escultura natural que chega a 683 metros de altura próximo a Rodovia BR 101 Sul. 

 

CONFIRA OS PONTOS TURÍSTICOS DE ITAPEMIRIM:

 

 

O Frade e a Freira

 

O Frade e a Freira são duas montanhas rochosas de granito localizadas em Itapemirim, cujos municípios limítrofes são: Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul e Vargem Alta. Do seu formato, que lembra a imagem de um frade e uma freira, surgiram lendas diversas. Diz uma delas que um frade e uma freira se apaixonaram, e como suas vidas deveriam ser dedicadas a servir a Deus, não puderam se render ao amor humano. Como forma de permanecerem unidos, os dois foram transformados em montanha, e ficam se admirando eternamente esculpidos em granito. À 'batina' do Frade há uma pousada com vários chalés. O clima é ameno, com vasto verde e vista panorâmica de onde se vê as praias de Marataízes, Itapemirim e Piúma.

 

 

Monte Aghá

 

Maciço rochoso de 300 metros de altura, a 100 metros da areia da Praia do Martinho. Apesar de compor o cenário de fundo da Praia de Piúma o mesmo pertence à extensão territorial do município de Itapemirim. Na língua dos Tupiniquins, Monte Aghá quer dizer “Monte de ver Deus”. Ideal para escaladas, trekking e voos de asa delta, desde que acompanhados de equipamentos e profissionais treinados. Para quem o vê a partir de Itapemirim, sua figura e a de um elefante deitado e, segundo os esotéricos, o fato representa riqueza para Itapemirim.

 

Praias de Itaipava e Itaoca vistas do Monte Aghá

  

Ilha dos Franceses

 

Região de alta viscosidade, ótima para pesca e mergulhos. Paraíso natural, a ilha destaca-se por sua beleza. Com águas cristalinas, a mesma é ideal para a prática de mergulho. Pode-se encontrar também diversas espécies de aves raras que habitam o local. Durante a alta temporada há passeios de escuna que partem de Itaoca e Itaipava.

 

Lagoa Guannandy

 

A Lagoa Guannandy, ou Lagoa das Sete Pontas, por sua composição florística na formação arbustiva de restinga localizada na localidade de Gomes, serve de base para estudos biológicos. A APA – Área de Proteção Ambiental, é hoje um reservatório natural e serve de abastecimento para o distrito de Itaóca/Itaipava. Guannady é uma planta nativa abundante em determinado trecho próximo ao mar. Dela os botocudos, puris (guaranis) extraiam um suco de cor vermelha.

 

Praia de Itaipava

 

Itaipava quer dizer “pedra rasteira”. Atualmente conta com um Terminal Pesqueiro (em construção) que é a maior concentração de barcos no Espírito Santo, bem como, é o maior núcleo habitacional de Itapemirim. Possui pousadas, restaurantes, camping e barraquinhas. Esta sendo toda urbanizada (saneamento e iluminação). A colônia de pesca é a mais ativa da região. Fartura de atum, namorado, cherne e pargo. De lá se avista a Ilha dos Franceses.

 

Itaipava é uma antiga vila de pescadores, hoje agitada com muitas construções e milhares de turistas na alta temporada. Mas o entreposto de pescado ainda é a principal atividade do balneálrio, e em um dos cantos da praia, é possível ver dezenas de pequenos barcos ancorados. Uma cena bucólica, que muitos gostam de fotografar.

 

Praia de Itaoca

 

Itaoca, o mesmo que “Casa na Pedra”, é uma praia de pesca e fica em frente à Ilha dos Franceses. O trecho norte é quase deserto, com vila de pescadores e pedras nas extremidades. Ao sul, a praia tem quase oito quilômetros de areia até próximo à foz do rio Itapemirim.

 

 Praia de Itaoca

 

É uma praia ligada à de Itaipava, apenas separada por um penhasco. De águas cristalinas, e grande faixa de areia branca, Itaoca tem dezenas de quiosques à beira-mar, para quem quer relaxar, comer um peixinho ou tomar uma cerveja. Há campings, pousadas e muitas casas e apartamentos para aluguel de temporada. Essa orla esta toda urbanizada com iluminação e saneamento oferecendo ao turista deslumbrar um local perfeito para o lazer.

 

Praia Gamboa

 

Praia deserta, porém perto do centro de Itaipava. No verão, a praia fica agitada por shows e eventos. Quiosques e barracas servem os turistas na alta temporada. O termo “gamboa” significa: local, no leito dos rios, onde se remansam as águas, dando a impressão de lago sereno.

 

Praia do Martins ou do Aghá 

 

Praia do Martins ou do Aghá

 

Última praia do município já na divisa com Piúma. Esta praia fica aos pés do Monte Aghá que, de Itapemirim, é visto de costas. A vista frontal para o Monte fica voltada para o norte (Piúma). É uma bela praia, sem estrutura para receber o turista. Ideal para quem gosta de acampar pois sempre que você passar por lá, vai ver uma porção de barracas. No verão o point é disputado.

 

Igreja Nossa Senhora do Amparo

 

São 246 anos de existência (2015). Inaugurada oficialmente em 15 de setembro de 1855 pelos capuccinos, o templo é o principal marco histórico do município. Está localizada na sede do município. A arquitetura da mais que centenária igreja não tem estilo definido, apesar de demonstrar tons romanos e portugueses. Sua fachada nos remete ao passado e em seu interior é possível encontrar imagens que resistem a ação do tempo, ultrapassando 300 anos. Os sinos que anunciam o início da Celebração Eucarística estão suspensos na cúpula de uma das torres e a Capela do Santíssimo está localizada logo na entrada do santuário.

Últimas Notícias


Galeria de Vídeos

Colunistas


Destaques






 

    

Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL