Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 16 de Junho de 2019

Itapemirim: A prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Aquicultura e Pesca (SEMAP), lançou na última segunda-feira 09 de abril, o Projeto “ConheciMar: um Mergulho no Conhecimento”, que visa levar todas as crianças do município a terem maior contato e conhecimento a respeito da vida marinha, que muitas vezes é um ambiente desconhecido principalmente por alunos das escolas do interior.

 

Os primeiros alunos a participarem deste lindo projeto, foram os da Escola Municipal de Afonsos, que fica no Distrito de Piabanha do Norte. As crianças visitaram as praias de Itaipava e Itaoca, píer do meio, píer móvel, embarcações, estaleiro e a Colônia de Pescadores, que apresentou uma interessante exposição de peças relacionadas ao ecossistema marinho, denominada “Histórias que vêm do Mar”.

 

Na exposição os alunos puderam conhecer e ver de perto carapaças, peças ósseas, mini aquários e artefatos utilizados na pesca, bem como fotografias das pescarias realizadas por pescadores do nosso município.

 

 

 

Para o secretário da pasta, José Arthur Marquiole (foto), a iniciativa visa fortalecer e resgatar a história do município. “Há muitos anos a atividade pesqueira em Itapemirim tem uma grande relevância para a situação econômica do município, e pensando nisso a prefeitura tem incentivado os profissionais da administração e elaborarem e executarem projetos com essas características”, disse.

 

 

 

As escolas que se interessarem em levar seus alunos para esse passeio, deverão entrar em contato com a Secretaria Municipal de Aquicultura e Pesca, no Distrito de Itaipava. As próximas visitas acontecerão semanalmente após o feriado da Semana Santa. Por medida de segurança, a Secretaria Municipal de Aquicultura e Pesca informa que cada turma deverá ser composta de no máximo 40 alunos.

 

Segundo a bióloga Martucha Mulinari, o projeto tem o objetivo principal de estimular o interesse das crianças pela vida marinha. “Por meio destas atividades expositivas e educativas, estimulamos cada uma dessas crianças a valorizarem mais o ecossistema costeiro e a atividade pesqueira, além de incentivá-los a preservar o meio ambiente e valorizar a diversidade das espécies marinhas”, finaliza.

 

 

 

 

 

 

*Redação IOL

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

Colunistas

Destaques

 

Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL