Olá! Seja bem vindo ao nosso site. 

 18 de Outubro de 2018

Itapemirim: A passeata em Comemoração do Dia Nacional de Luta pela Educação Inclusiva emocionou comerciantes, moradores e servidores da prefeitura de Itapemirim. O evento contou com professores, alunos, pais de alunos e moradores, que saíram da EMEF “Narciso Araújo”, com destino ao Centro de Convivência localizado no bairro Jardim Paulista.

 

Participantes empunhavam cartazes e faixas com dizeres voltados a conscientização. O objetivo impactar a população, políticos, comerciantes e principalmente educadores, modificando a história vinculada às transformações nas políticas públicas de Educação Especial e aos avanços nos direitos humanos das pessoas com necessidades especiais.

 

O grupo se concentrou em frente a prefeitura municipal de Itapemirim, onde puderam receber e participar das homenagens realizada pela EMEF Anacleto Jacinto Ribeiro de Campo Acima. Os alunos que recebem do poder municipal educação musical, cantaram, tocaram flauta, teclado, violão e Cajon. Logo em seguida, houve uma linda apresentação de dança dos alunos da Pestalozzi, que emocionou a todos presentes. 

 

A passeata mostrou alguns programas educacionais, como ecoterapia e natação, que são desenvolvidos no município, com profissionais altamente capacitados para tal função, visando enriquecer o aprendizado das crianças com necessidades especiais.         

 

A passeata continuou até o Centro de Convivência, localizado no bairro Jardim Paulista, na Vila do Itapemirim, onde houve uma programação voltada para os professores de apoio à docência e aos supervisores especialistas em educação, que atuem na modalidade da Educação Especial nas instituições de ensino do município de Itapemirim. Houve palestras com educadora Magali Paraguassú Posse.

 

Nunca foi tão importante na história lutarmos pela Educação Inclusiva porque nunca foi tão necessário investir na formação de novas gerações capazes de conviver prezando a equidade e o reconhecimento da alteridade e, com isso, o respeito às diferenças e a garantia do direito à participação social.

 

Se o futuro do país depende da Educação, não é exagero afirmar que depende da incorporação da inclusão como um princípio de todo projeto pedagógico. Essa é segunda Conferência da Luta pela Educação Inclusiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Redação IOL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas Notícias

TV IOL- Canal Livre

Divirta-se

Colunistas

Destaques






Previsão do Tempo

Dicas das Estradas

Parceiros do IOL